Open Source Sofware

Ciclovia

Revitalização da sinalização viária é feita pela SMTT




05.08.14 18:20

 

Faixas revitalizadas na av. Ivo do Prado. Fotos - ASCOM

A revitalização da sinalização horizontal acontece ininterruptamente nas ruas de Aracaju. Na etapa que iniciou do final do mês de julho, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), órgão vinculado à Secretaria Municipal da Defesa Social e da Cidadania, revitalizou principalmente faixas de pedestres, visando a segurança dos transeuntes. Em agosto, o órgão dá prosseguimento à agenda e atende vias de fluxo intenso onde as pinturas estão desgastadas.


Nos últimos 15 dias toda a extensão da avenida Tancredo Neves, Adélia Franco, Hermes Fontes, Otoniel Dórea, Rio Branco, Ivo do Prado e Pedro Calazans tiveram a sinalização revitalizada. Segunda-feira, 4, o trabalho de repintura das linhas de eixo, bordo, legendas e faixas de pedestres foi iniciado nas avenidas Francisco Porto, seguindo depois para a Gonçalo Rollemberg Leite.


Cerca de 5 mil m² de tinta serão utilizados na revitalização de parte da sinalização nas oito avenidas, como nas faixas de pedestres. E até o momento, 116 delas foram reacesas. O coordenador de sinalização em exercício, Diego Carvalho, disse: “a cada faixa de pedestre, setas, legendas e marcas de canalização, como o zebrado, são utilizados em média 20 m² de tinta. Isso também depende da largura das marcações”, explicou.


Ainda de acordo com o coordenador, outra técnica de pintura é utilizada na revitalização das linhas de eixos, que demarcam o sentido de tráfego na via, a pintura termoplástica. “A maior vantagem da tintura termoplástica é a durabilidade, que é bem maior do que a tinta normal, chegando a cinco anos”, acrescentou. Ele disse ainda que esse tipo de pintura é usado nas marcações onde os pneus dos carros passam e que precisam estar bastante visíveis.


Sinalização vertical


Além da revitalização da sinalização horizontal, a SMTT faz constantemente a reposição de placas de sinalização vertical nas vias da cidade, o que representa cerca de 70 % do trabalho realizado pela coordenação de sinalização. Placas que sofrem com a ação do tempo e clima também são mapeadas, restauradas ou reimplantadas de acordo com a necessidade apresentada.


Segundo o coordenador de sinalização, Diego Carvalho, “Uma cidade bem sinalizada disciplina o trânsito e traz segurança principalmente para os pedestres. E esta é uma preocupação constante da SMTT”, concluiu.

telefones-home620

banner-fala-cidadao3