Open Source Sofware

Trânsito

Motoristas e pedestres elogiam mudança no trânsito da avenida Adélia Franco




03.12.18 15:07

 

Fotos - ASCOM SMTT

A Prefeitura de Aracaju, por meio da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito de Aracaju (SMTT), colocou em operação, na manhã desta segunda-feira, 3, os novos semáforos da avenida Adélia Franco, na zona Sul da cidade. O objetivo da implementação dos novos equipamentos de sinalização é facilitar o acesso dos condutores do conjunto Médici ao Centro e dar mais segurança aos pedestres.

 
Nas primeiras horas de funcionamento, a melhora no fluxo de veículos já era notada pela equipe técnica da SMTT que monitorava o local e também pelos condutores e pedestres que passavam pela região. “Há muito tempo estávamos esperando essa mudança aqui, pois é um local onde já ocorreram vários acidentes. Foi uma boa medida”, elogiou o motorista David Menezes. 

 
Já o aposentado Elielton Dias frisou a melhoria da nova sinalização, tanto para os condutores, como para os pedestres. “Eu acredito que vai desafogar a saída dos moradores do Médici, pois, antes a gente precisava fazer o retorno no viaduto do DIA e acabava contribuindo para o congestionamento naquele trecho. Agora, tudo fica mais fácil, inclusive para quem precisa se deslocar a pé por aqui”, disse.

 
Os novos semáforos ficam no cruzamento da avenida com a rua Humberto Porto Dória e a instalação é uma antiga demanda da comunidade. Durante o período de adaptação à nova dinâmica do trânsito na via, agentes de trânsito da SMTT estarão no local orientando os condutores e contribuindo com a organização do fluxo de veículos.  

 
O coordenador de Sinalização da SMTT, Diego Carvalho, fez uma boa avaliação inicial da operação. “O trânsito está fluindo tranquilamente e o tempo semafórico é o adequado, mas, seguiremos monitorando para fazer os ajustes, caso seja necessário”, contou.

Ele completa ressaltando a importância da medida. “A novidade é importante para os moradores da região, pois representa mais uma opção de acesso para os motoristas de um conjunto residencial populoso, como é o Médici, e um reforço na segurança dos pedestres que precisam atravessar a via”, explica Diego.

telefones-home620

banner-fala-cidadao3