Open Source Sofware

Trânsito

Grupo de Teatro da SMTT apresentará espetáculo natalino para jovens de escolas públicas de Aracaju




27.11.18 18:50

Foto: Ascom SMTT

Os moradores de um pequeno vilarejo têm medo da cidade grande por causa dos perigos do trânsito. Mas, com o período de seca, eles precisam sair em busca de água. Alguns decidem enfrentar o medo da cidade, outros preferem continuar na vila, tendo como última esperança a fé em dias melhores e a chegada da chuva. Esse é o enredo do espetáculo “A última folha da vila”, que será apresentado no mês de dezembro, no Centro de Criatividade de Aracaju, pelo grupo de teatro ‘Cones’, da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT).


A ação educativa em forma de espetáculo teatral aproveita o clima natalino para contribuir para a construção de valores e auxiliar na compreensão dos elementos e situações diárias do trânsito de uma cidade.


O público-alvo são estudantes da rede pública de Aracaju. As apresentações acontecerão nos dias 29 e 30 de novembro e 03, 04, 06, 07, 10, 11, 13, 14, 17, 18 e 20 de dezembro, às 9h15 e às 14h15. Serão 26 apresentações em 13 dias de atividades.


Segundo o superintendente interino da SMTT, Renato Telles, as ações educativas da SMTT acontecem o ano todo e sempre com a intenção de reduzir acidentes. “O pessoal do teatro Cones está sempre inovando para chamar a atenção do público. Em uma ação recente eles representavam vítimas de acidentes de trânsito no meio das pessoas, agora aproveitam o Natal para sensibilizar as pessoas quanto aos riscos do trânsito de uma cidade. Através deles, conseguimos chamar a atenção de todos para a necessidade da construção de um trânsito mais seguro e menos acidentes”, afirma.


A supervisora de trânsito da SMTT, Heloísa de Rezende Alves, explica a importância da atividade. “Quando simplesmente falamos sobre cuidados no trânsito, poucas pessoas prestam atenção. Mas, quando utilizamos o nosso teatro e o humor para falar sobre esses mesmos cuidados, todos prestam atenção e entendem a importância do que estamos falando, principalmente quando esse público é jovem, como é o caso”, disse.





telefones-home620

banner-fala-cidadao3