Open Source Sofware

Trânsito

SMTT e Viação Atalaia realizam ação educativa em corredor de ônibus no Centro




21.08.18 19:41

Fotos: Ascom/SMTT

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), em parceria com a empresa de transporte coletivo ‘Viação Atalaia’, iniciou na manhã desta terça-feira, 21, uma campanha de conscientização quanto ao uso da faixa de pedestres para uma travessia segura. A primeira ação aconteceu na região do corredor de ônibus da avenida Rio Branco, Centro.


Durante a ação, a equipe da Coordenação de Educação para o Trânsito trabalhou o tema de forma lúdica com a participação do Grupo Cones de Teatro da SMTT, abordando os pedestres para instruí-los sobre a forma mais segura para atravessar a avenida, respeitando a sinalização eletrônica, ensinando-os a utilizar o sinal de vida, mesmo estando na faixa de pedestres, para indicar aos condutores de veículos que ele deseja ir ao outro lado da via.


De acordo com o coordenador operacional da Viação Atalaia, Reinaldo Vasconcelos, a campanha faz parte da semana da Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho. “Como o tema é sobre os riscos de acidente de trajeto, estamos em um dos locais mais críticos com um índice grande de acidentes registrados na empresa. E a nossa parceria com a SMTT é nesse sentido de auxiliar na educação dos pedestres e dos nossos motoristas”, explicou Reinaldo.


Sobre a conscientização dos condutores, o coordenador adianta que muitos já respeitam a faixa, reduzindo a velocidade e parando o veículo para que os pedestres possam atravessar. “Mas para que os veículos parem, o pedestre também precisa ir até uma faixa de pedestre. Nessa ação, vimos pessoas que ainda não respeitam a sinalização eletrônica do local, além de não atravessarem pela faixa. Mas a atividade é para conscientizar e mostrar que o desrespeito pode causar grandes danos”, argumentou.


A parte divertida da ação ficou a cargo do Grupo Cones, que com paródias, esquetes e abordagens bem humoradas, reforçou o uso da faixa de pedestre. “A nossa ideia é sempre trabalhar a educação para o trânsito de forma engraçada e que chame atenção. Os pedestres param pelo lúdico, pela beleza e é no encantamento que a gente paralisa o público para falar sério quando estão próximos à gente.”, disse o coordenador de Educação para o Trânsito, Jorge Luiz da Conceição.


A aposentada Roberta Andrade gostou da abordagem do grupo. “Achei bem interessante essa ação para que o pedestre atravesse respeitando as regras de trânsito”, disse. “Agora, sempre que eu for atravessar a rua, vou fazer o ‘sinal de vida’”, completou.

telefones-home620

banner-fala-cidadao3