Open Source Sofware

Trânsito

Central de Monitoramento auxilia na organização do trânsito de Aracaju




28.06.18 15:32

 

As câmeras estão localizadas nos principais corredores urbanos de Aracaju. Segundo o diretor de trânsito da SMTT, Thiago Alcântara, o serviço dá celeridade ao trabalho dos agentes. "Com a central é possível agilizar a solução de eventuais problemas do trânsito aracajuano, tão afetado pelo excesso de carros em circulação. O tempo resposta diminui de forma significativa. Quando é observado, por exemplo, um acidente com vítima, o serviço de urgência do Samu é logo acionado", destacou.
Disque Trânsito

A SMTT também conta com o Disque Trânsito (118). É por meio desse número que os agentes recebem chamados de emergência, a exemplo de carros estacionados de forma irregular, colisões e problemas em semáforos. De janeiro a novembro de 2017, foram registradas 5.337 solicitações. "Esse canal é muito utilizado pela população. A gente recebe um número alto de denúncias, principalmente de carros estacionados em frente a garagens. Nossos agentes vão ao local e fazem a autuação do veículo. No caso de o proprietário não aparecer, a gente faz a remoção para o pátio da superintendência", explicou o diretor.

Os equipamentos também registram a placa do veículo quando o condutor comete uma infração. As imagens são projetadas em aparelhos de TV, em uma sala da SMTT, onde funciona a Central de Monitoramento. "O limite de velocidade na maioria das vias é de 60 km. A gente consegue identificar várias infrações como avanço semafórico. Tudo isso é enviado ao nosso servidor para que seja feita a notificação ao condutor infrator", alertou.

telefones-home620

banner-fala-cidadao3