Open Source Sofware

Ciclista

Ciclistas comemoram melhorias realizadas na ciclovia da avenida Santa Gleide




04.09.18 18:16

Fotos: Silvio Rocha


“Está mais seguro. Antes os carros passavam ao nosso lado, agora isso não acontece mais. A gente vai e volta com mais tranquilidade”. A declaração do autônomo Ediberto Menezes, que utiliza a bicicleta diariamente há 23 anos como meio de transporte, reflete a opinião de diversos ciclistas sobre as mudanças realizadas pela Prefeitura de Aracaju, por meio da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), na ciclovia da avenida Santa Gleide, no bairro Bugio, zona Oeste de Aracaju. Com 1,1 km de extensão, o local passou por melhorias, como pintura e instalação de tachões, prismas e placas de sinalização.


As ações da SMTT na ciclovia começaram no início de agosto e já fazem diferença na vida de quem mora na região e utiliza a bicicleta como meio de transporte. Esse público, de acordo com dados da segunda edição da Pesquisa Perfil do Ciclista 2018, representa a maior parte dos ciclistas da capital (71,9%). Organizada pela Transporte Ativo e pelo Laboratório de Mobilidade Sustentável da Universidade Federal do Rio de Janeiro (LABMOB-UFRJ), a pesquisa também aponta que pouco mais da metade dos ciclistas de Aracaju, 54,03%, levam entre 10 e 30 minutos de casa até o local de trabalho.


Pessoas como o garçom Valdoilson Soares, que utiliza a pista exclusiva para bicicletas diariamente para ir trabalhar. Para ele, ter a ciclovia em bom estado facilita muito a vida dos ciclistas e quem passa pela Santa Gleide já nota a diferença. “Foi muito bom, deu mais segurança. Agora está mais sossegado, tranquilo. Antes era ciclovia só no nome. Eu também ando de moto, de carro, mas cada veículo tem que ter seu lugar”, disse.


O pintor veicular Denis dos Santos também utiliza a bicicleta como meio de transporte, principalmente para ir e voltar do trabalho, localizado no bairro Siqueira Campos. Ele avalia como positivas as alterações realizadas na área. “Percebi a diferença, a mudança foi muito boa. Estava precisando mesmo porque, depois das 17h, ficava cheio de carros estacionados e a gente tinha que desviar dos carros. Agora a gente vai e volta com mais tranquilidade e segurança”, opinou.


O autônomo José Carlos Correia dos Santos também é adepto da bicicleta como meio de transporte e passa pela ciclovia constantemente. Ele destaca alguns pontos positivos da mudança. “Antes não tinha divisão, mas agora abriu e ficou melhor. Os carros passavam muito em cima, invadiam o espaço da ciclovia”, declarou.


Morador do conjunto Santa Gleide, o autônomo Marcos Santos Andrade utiliza a pista para bicicletas todos os dias e só faz elogios às mudanças realizadas pela Prefeitura de Aracaju. “Ficou muito melhor. Sempre ficavam muitos carros estacionados ou então os carros vinham para o lado de cá, invadiam o nosso espaço. Para quem passa de bicicleta como eu todos os dias ficou muito melhor”, comemorou.



telefones-home620

banner-fala-cidadao3